domingo, 16 de agosto de 2015

|Resenha| Os dois mundos de Astrid Jones - A.S. King

Resenha Os dois mundos de Astrid Jones

 Heey,
Mais uma resenha! Desta vez, de um livro magnífico. Os dois mundos de Astrid Jones foi cedido em parceria com a Gutenberg

Resenha capa Os dois mundos de Astrid Jones
Autora: A.S King
Editora: Gutenberg
Páginas: 288
Sinopse:
“O movimento é impossível.” É o que Astrid Jones, 17 anos, aprendeu na sua aula de filosofia. E, vivendo na pequena cidade em que mora, ela começa a acreditar que isso é mesmo verdade. São sempre as mesmas pessoas, as mesmas fofocas, a mesma visão de mundo limitada, como se estivessem todos presos em uma caverna, nunca enxergando nada além. Nesse ambiente, ela não tem com quem desabafar suas angústias, e por isso deita-se em seu jardim, olha os aviões no céu, e expõe suas dúvidas mais secretas aos passageiros, já que eles nunca irão julgá-la. Em seu conflito solitário, ela se vê dividida entre dois mundos: um em que é livre para ser quem é de verdade e dar vazão ao que vai em seu íntimo, e outro em que precisa se enquadrar desconfortavelmente em convenções sociais. Em um retrato original de uma garota que luta para se libertar de definições ultrapassadas, este livro leva os leitores a questionarem tudo e oferece esperança para aqueles que nunca deixarão de buscar o significado do amor verdadeiro


O livro Os dois mundos de Astrid Jones foi escrito pela autora juvenil A.S. King, considerada uma das melhores escritoras de livros para jovens da atualidade, e tornou-se uma favorita pra mim. Gostei muito da escrita da autora e da forma leve de como ela trata um assunto tão polêmico.
resenha Os dois mundos de Astrid Jones
Como já citei, Os dois mundos de Astrid Jones, é um livro que embarca em um assunto polemico e formador de opiniões divergentes. Astrid, é uma garota jovem, alegre a sonhadora, no auge da juventude, aos 17 anos ela vive em um grupo de um, sua família é virada de cabeça pra baixo, todos os dias a garota tem que lidar com seu pai atoa, sua mãe autoritária e desprezível sua irmã insensata. Seu único refugio protetor é a mesa de piquenique que está no seu quintal cheio de casinhas de passarinho, e nesta mesa que Astrid envia seus amor para passageiros de jatinhos e aviões.
resenha Os dois mundos de Astrid Jones
Astrid adora indagações e com isso, adora a aula de filosofia, e é a partir deste momento que o livro começa, quando o famoso filósofo Zenão, afirma que “O Movimento é Impossível”. A partir dai Astrid tenta provar a possibilidade do movimento, com formas lógicas, mas percebe que não consegue explicar nem os seus. Ela se vê em um beco sem saída quando descobre a sexualidade, e pega-se apaixonada por Dee, sua amiga lésbica que também passou a amar Astrid. Neste momento, a vida de Astrid segue como uma bola de neve rolando sobre um monteiro de problemas, ficando cada vez maior. 
resenha Os dois mundos de Astrid Jones
O livro é leve e calmo. Uma leitura prazerosa e gostosa. Gostei da forma que a King tratou um assunto polêmico como a sexualidade, de forma clara, sincera, e fofa, trazendo a tona o amor e a felicidade acima de tudo. O final foi fascinante, mas eu mudaria algumas coisas como posturas de personagens como a Dee, que são essências para a história.
Apesar de ter vários, foram poucos os personagens coadjuvantes que me agradaram, ainda tenho ódio da família de Astrid, sua namorada, seus colegas da escola... Gosto da Kristinna e dei muita risada com as peripécias dela, gosto da Kim, a garota que Astrid “conheceu” em uma festa, tenho pena do Jeff Garnet. Enfim, são coisas que variam de gosto pra gosto.  Um detalhe importante e de grande destaque para o livro, é a forma que observamos alguns problemas pessoais de alguns passageiros que recebem o amor de Astrid. Esse foi um dos pontos mais interessantes da leitura.
resenha Os dois mundos de Astrid Jones
A obra foi escrita em primeira pessoa, à capa está magnifica e é uma das capas mais bonitas da minha estante, a diagramação condiz com a simplicidade da obra. Eu adorei este livro, e recomendo para aqueles que gostam de uma leitura juvenil, leve e saudável. 



10 comentários:

  1. Oi!
    Eu ainda não conhecia o livro, mas fiquei curiosa com essa mistura que autora faz entre a história e filosofia, ainda mais sabendo que a leitura não é cansativa. Essa capa é mesmo muito bonita!
    Abçs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas achei interessante a temática, principalmente para os jovens, que hoje em dia estão sendo cada vez mais pressionados a seguir um padrão de personalidade. Vou adicionar na minha lista de leituras.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante a autora ter misturado filosofia e a história. Não sei se vou ler, mas vou deixar a dica anotada.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. não sou mt fã desses livros teens que andam surgindo ultimamente, mas até que a premissa desse me atraiu, ainda mais por tratar de forma leve um assunto como a [homos]sexualidade... ^^

    ResponderExcluir
  5. Isac! Que resenha linda, aliás tudo lindo, a capa, a história a edição!! Sou apaixonada por livros que mexem com a gente e tem temas fortes que valem o foco! Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/08/resenha-rainha-vermelha-rainha-vermelha.html

    ResponderExcluir
  6. Olá... bom pra mim a sexualidade passou de assunto polêmico faz tempo, considero como uma assunto delicado, mas algumas pessoas tendem a preferir a violência do que aceitar que cada um faz o que quer da sua vida, enfim... não curti a premissa da história, achei muito superficial, posso estar até enganada, mas não pretendo ler o livro, mas gostei de ler a sua resenha sincera. Xero!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já ouvi falar sobre esse livro e acredito ter lido resenhas, mas não fiquei muito interessada na premissa da obra no momento pois já tenho muitas na minha lista.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, boa noite!

    Não conhecia a autora e nem o livro. E, mesmo com a mistura de filosofia e história (coisas que curto), a premissa não conseguiu me cativar ao ponto de querer lê-lo. :(

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Ultimamente tenho visto muitas pessoas falando bem do livro, e falando bem, então não tem não ficar curiosa rsrs, gostei muito da resenha e com certeza o livro está na minha lista de desejados.


    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas já me apaixonei pela capa. Que linda! Só consigo imaginar como não deve ser a diagramação interior do livro. Fiquei ainda mais curiosa quando você disse que o final era fascinante. Quero saber o que acontece...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*

Este blog observa a LEI DE DIREITOS AUTORAIS 9.610, DE 19/02/1998, DO GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO. Por favor, não copie o conteúdo deste blog. Os direitos autorais dos textos contido neste blog são propriedade da EQUIPE DO LIVROS & RETICÊNCIAS. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste blog, parcial ou integralmente, é PERMITIDA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA por escrito dos titulares dos direitos autorais. Qualquer USO NÃO AUTORIZADO PODE CONSTITUIR UMA VIOLAÇÃO DAS LEIS DE DIREITOS AUTORAIS, das leis de privacidade e das leis das regras de comunicações.
Tecnologia do Blogger.

Postagens Recentes

recentposts

Talvez você goste:

randomposts